sábado, 3 de janeiro de 2009

TÃO DISTANTE E TÃO PERTO


Preciso de tua mão na minha...
Se não posso ter o teu corpo no meu,
Tua boca na minha,
Teus olhos fitando os meus,
Quero sentir a tua mão macia...
Mas, se é física
A nossa separação,
Também não terei
A tua mão...
Terei, sim
O mais consistente
E contundente sentido,
Que em nenhum tempo
Será frágil ou esquecido...
E é isso que me acalma,
A TUA ALMA SOBRE À MINHA ALMA!

3 comentários:


sueli disse...
Amiga linda....
É com maior prazer que visitarei sempre seu blog.
Dei uma passadinha rapida, mas vou ler todos seus poemas e comentá-los.
Um beijo

10 de Junho de 2008 14:41
sueli disse...
Poema lindo, intenso e sublime. A ausência nos deixa melancólica.

10 de Junho de 2008 14:42
jjLeandro disse...
Oi, amiga. Estou aqui sempre, mesmo sem convite, embora nem sempre comentando pela pressa da vida. Um grande abraço.

10 de Junho de 2008 14:55

3 comentários:

常州三打一 disse...

It seems different countries, different cultures, we really can decide things in the same understanding of the difference!
Personalized Signature:我喜欢淮安掼蛋,靖江青儿,南通长牌,姜堰23张,常州麻将这些地方言游戏

nylon fishing net disse...

It seems different countries, different cultures, we really can decide things in the same understanding of the difference!
PE Net

nylon fishing net disse...

Although from different places, but this perception is consistent, which is relatively rare point!
Rope,Twine