domingo, 11 de outubro de 2009

DÚVIDAS...


Disse, mas não queria...
Pensei, antes de falar,
Olhei para ti,
Em tuas costas, estava
Um imenso luar.
Meditei,
Entreguei-me à meditação,
De mãos sobre postas
E jurei para mim,
Que iria calar...
Falar ou calar?
Dizer ou não dizer?
Olhei para ti,
Defronte para o luar,
Era um lindo quadro,
Que denominei: Ela e o luar!
A noite estava linda,
A lua era infinda,
Ela era a estrela
Que guarnecia o céu.
Que garantia eu tinha,
Pra falar o que falei?
Não podia guardar,
O que só o meu coração sabia.
Mansamente cheguei,
Quase contente,
Me sentei ao teu lado,
Defronte para o luar,
Toquei a tua mão,
Meu coração batia tão forte!
Dessas batidas tenho medo
Revelam segredos.
E nessa noite perfeita,
De estrelas e luar,
É uma noite perfeita para amar.
Eu queria falar pra ela,
Sobre o verbo amar,
Puxei o teu queixo
E ela olhou para mim...
Mas como falarei, como?
Agora eu direi,
Não tem mais jeito,
Ah, meu amor. Eu te amo,
Estás dentro do meu peito!



11/10/2009 TkNeumann

Um comentário:

Poesias Que Amo disse...

Que lindoooo...
Seu blog está
maravilhoso!!

Bjos,
Renata Mangeon